21 de ago de 2009

Abrindo a cabeça

Dias...Leonardo tenho que te agradecer pelas conversas no trampo,por você fazer me questionar muitas das minhas atitudes.
Tenho aberto a minha cabeça pra melhor me compreender,tomando iniciativas nunca pensadas.
Tenho aberto a minha cabeça para melhor entender as pessoas ao meu redor,renunciando amores antigos para viver novos amores,infelizmente as coisas são complicadas e não tão simples como deveriam ser,a existência de muitas barreiras,como por exemplo o que as pessoas vão pensar,mas,tenho que me lembrar que a vida é a minha e não me importarei de errar várias vezes,até porque a vida é minha.
A abertura da minha mente me tem levado para caminhos nunca ido;é maravilhoso você ter o controle sobre a situação e não permite que a emoção fale mais alto,levei muito tempo pra aprender isso;isso não quer significar que não se importamos ou que não gostamos da pessoa em questão.
Só sei que estou seguindo e vivendo,dessa vez sem planos e sem desejos apenas vivendo.
Quero esfolar o meu coração até fica ao ponto deu achar que devo entregar a alguém enquanto isso,deixe eu sangrar mais um pouco com os meus erros.
Abro a minha cabeça como uma traumatismo craniano!