16 de out de 2014

Eu... Ela...


Eu digo: Praia
Ela diz: Estrelas
Eu digo: Amor
Ela diz: Eterno
Eu digo: Sorrir
Ela diz: Você aqui
Eu digo: Natiruts
Ela diz: deitar na rede e ouvir o som dos pássaros
Eu digo: remar
Ela disse: idiota
Eu digo: Meus pés seguem os seus
Ela diz: Abrir os braços e sentir a energia da vida
Eu digo: Feche os olhos
Ela diz: verbalize
Eu não digo nada dessa vez, só a beijo
Ela diz: desejos
Eu digo: realizações
Ela diz: luau
Eu digo: Chega desse jogo de palavras...
Ela não diz nada, apenas me derruba na areia
Eu digo: Trapaceira
Ela disse: não, não, esperta
Eu digo: Recordações
Ela diz: Canções
Eu digo: morada no céu
Ela disse: o quintal é a praia
Eu me canso e decido sentar e ficar olhando as ondas se arrebentarem nas rochas
Ela também senta ao meu lado e envolve os seus braços pelo o meu corpo
Eu a olho e digo: Seus olhos são o meu farol

Ela diz: Meu coração é a sua correnteza
Eu digo: Meus sonhos é um barquinho nessa imensidão
Ela disse: Eu sou a capitã
Eu digo: Eu sou o leme
Ela diz: Sou a lua
Eu digo: Sou o astro rei
Ela diz: O nosso amor é o eclipse